Sim, eu sei que o espectáculo se chama “É tempo de ir”, mas deu mais jeito assim.
É mesmo tempo de ir, ir para RIR!
O humor é um processo mental extremamente complexo, intrínseco e individual, que não se ensina ou aprende, embora, como todas as competências, pode ser aprimorado.
É quase como uma “prova oral”, exercida de forma consciente ou até, por vezes, inconsciente. Esta habilidade implica uma atividade inteligente e criativa, de conseguir fazer o outro rir, através da expressão de ideias congruentes… ou nem por isso.
O efeito no outro irá depender do seu sentido de humor, da interpretação que dê ao conteúdo verbalizado ou até do estado de espirito do momento.
Mas o objectivo é sempre fazer RIR. E rir beneficia-nos física e emocionalmente.
“Como é que é?”
É isso mesmo, rir é uma “arma”. Estimula os órgãos internos, reforça o sistema imunitário, reduz a intensidade das emoções negativas, alivia a tensão e o stress e, até, tem o poder de aliviar algumas dores.
Rir liberta serotonina e endorfina, que são substâncias que nos provocam sensações de alegria, prazer e felicidade. Também estimula a circulação sanguínea, contribuindo para o controle da pressão arterial.
Com tantos benefícios chegamos à conclusão que temos de levar o humor e o riso muito a sério.
Por isso “levanta-te  e ri!”

*Os termos sublinhados e a negrito são programas/espetáculos que contaram com a participação do Carlos Vidal.

No vídeo que se segue temos o prazer e o privilégio de poder ouvir um testemunho do nosso querido humorista, médico e músico Carlos Vidal.

Partilhar isto:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *